Cidade

Após suspensão de PPP, prefeitura aditiva em R$ 14 milhões contrato de iluminação pública

No final do ano passado, a Justiça suspendeu, pela segunda vez, a Parceria Público Privada (PPP) para iluminação pública de Salvador

[Após suspensão de PPP, prefeitura aditiva em R$ 14 milhões contrato de iluminação pública]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Abril de 2019 ⋅ 10:37

A Prefeitura de Salvador renovou hoje (16), através de aditivo, o contrato de iluminação pública da cidade. De acordo com a publicação, fica adicionado R$ 14 milhões ao consórcio Citéluz/2MS, composto pelas empresas Citeluz Serviços de Iluminação Urbana S/A e 2MS Engenharia.

No final do ano passado, a Justiça suspendeu, pela segunda vez, a Parceria Público Privada (PPP) para iluminação pública de Salvador. A decisão do juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, do último dia 25 de maio, atende a um pedido de Alberto da Rocha Santos e determina a paralisação da licitação para realizar a PPP. No final de maio, outra liminar havia sido concedida para suspender o processo licitatório a pedido da empresa GHIA Engenharia Ltda.
 

Notícias relacionadas