Cidade

Audiência debate projeto de requalificação da orla de Stella Maris

O investimento será de aproximadamente R$ 41 milhões, com recursos do Prodetur

[Audiência debate projeto de requalificação da orla de Stella Maris]
Foto : Bruno Concha / Prefeitura de Salvador

Por Metro1 no dia 10 de Setembro de 2019 ⋅ 18:57

O projeto de requalificação do trecho da orla que compreende as praias de Stella Maris, Praia do Flamengo e Ipitanga, em Salvador, foi discutido entre representantes da Prefeitura, moradores e lideranças de diversas associações e entidades, nesta terça-feira (10). A audiência durou a manhã inteira e reuniu 125 pessoas no Catussaba Business Hotel.  

Na ocasião, a arquiteta Nise Cartaxo apresentou todos os detalhes do projeto de requalificação, que será dividida em três trechos, sendo o primeiro deles envolvendo a orla de Stella Maris. O projeto arquitetônico e ambiental foi desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) com o objetivo de levar melhorias à região, que há muito tempo pleiteia por uma grande intervenção desse tipo. 

A mesa da audiência contou com a presença da presidente da FMLF, Tânia Scofield, do gerente de obras e projetos do Programa do Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) de Salvador, Alberto Azevedo Júnior, dos vereadores Marcos Mendes e Aladilce Souza (PCdoB) e do arquiteto e urbanista Carl Von Hauenschild. 

Para Tânia Scofield a audiência foi proveitosa e trouxe questões importantes. “A gente já vem discutindo o projeto desde setembro de 2014. Fizemos algumas oficinas e o projeto foi construído com a comunidade. Nós tivemos em torno de 300 pessoas por oficina. Agora que as obras estão perto de serem licitadas, foi importante fazer essa audiência, até para atender àquelas pessoas que não participaram das oficinas iniciais”.

A previsão é que as obras de requalificação das orlas de Stella Maris, Flamengo e Ipitanga durem 18 meses a partir do início. O investimento será de aproximadamente R$ 41 milhões, com recursos do Prodetur.

Notícias relacionadas

[Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma ]
Cidade

Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Setembro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

A Superintendência de Obras Públicas (Sucop) não respondeu, mas o Diário Oficial do Município denunciou: a empresa vencedora da licitação foi a Qualy Engenharia