Cidade

CowParade Brasil começa leilão virtual das obras em Salvador

Quatro instituições serão beneficiadas com o valor arrecado

[CowParade Brasil começa leilão virtual das obras em Salvador]
Foto : Ulisses Dumas / Divulgação

Por Metro1 no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 21:03

As 60 esculturas de vaca da 13ª edição da CowParade Brasil, espalhadas em 53 pontos de Salvador, vão a leilão virtual no próximo dia 21. O lance inicial para cada obra é de R$ 6 mil e o acesso à plataforma pode ser feito por meio do site cowparade.com.br. Além dos baianos, interessados de todo o mundo poderão arrematar as obras também pela internet, já que o leilão acontece, presencial e virtualmente, de forma simultânea. 

Entre os artistas que assinam as vaquinhas soteropolitanas estão nomes como Bel Borba, Maria Adair, Denissena, Alberto Pitta, Graça Ramos, Menelaw Sete e Carlinhos Brown, que apadrinha o projeto. As vacas pintadas por eles e outros artistas ficam em exposição nas ruas de Salvador até o dia 8 de novembro.

As instituições beneficiadas com o valor arrecado serão as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), o Hospital da Criança Martagão Gesteira, a Associação Fábrica Cultural e a Associação Pracatum. “É com muito orgulho que a CowParade Brasil cumprirá mais uma etapa da sua missão social em Salvador. Estou muito feliz, pois essa doação está coincidindo com o ano em que a Irmã Dulce foi consagrada santa e com um ano de muitas transformações também para o Hospital da Criança Martagão Gesteira”, disse a sócia-diretora da Toptrends, empresa organizadora, Catherine Duvignau.

No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 6 milhões para ações sociais como Fundação ABRINQ, Fundação Gol de Letra, SERVAS – Serviço Voluntário de Assistência Social (BH), Rio Inclui (RJ), AVAO - Associação Voluntariado de Apoio à Oncologia (PA), entre outras. Ao redor do mundo, mais de 10 mil artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.
 

Notícias relacionadas