Sábado, 27 de novembro de 2021

Cidade

'A gente espera que ele não pegue menos de 20 anos', diz Davi Gallo sobre acusado de matar Moa do Katendê

Paulo Sérgio é acusado de atingir Romualdo da Costa com 13 facadas por todo o corpo, após uma discussão sobre os candidatos à presidência da República de 2018

'A gente espera que ele não pegue menos de 20 anos', diz Davi Gallo sobre acusado de matar Moa do Katendê

Foto: Aline Reis/BNews

Por: Kamille Martinho no dia 21 de novembro de 2019 às 17:13

O promotor do Ministério Público da Bahia, Davi Gallo, disse hoje (20) que a expectativa é que o júri popular condene o barbeiro Paulo Sérgio Ferreira de Santana, acusado de assassinar o mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Moa do Katendê, a pelo menos 20 anos. As informações são do BNews.

Paulo Sérgio é acusado de atingir Romualdo da Costa com 13 facadas por todo o corpo, após uma discussão sobre os candidatos à presidência da República de 2018.

“O crime foi cometido por motivo fútil, em uma discussão sem importância, na qual o acusado tomou-se de um instinto assassino, teve tempo de premeditar o crime, vai até a residência, pega uma faca e pega a vítima de costas, sem ter chance de defesa. Um crime covarde, que eu sei que a sociedade vai dar a resposta à altura”, afirmou o promotor.

O barbeiro ainda foi denunciado por tentativa de homicídio contra Germino do Amor Divino Pereira, que estava ao lado do capoeirista no momento do crime. 

'A gente espera que ele não pegue menos de 20 anos', diz Davi Gallo sobre acusado de matar Moa do Katendê - Metro 1