Cidade

Após reforma, Aeroporto de Salvador vai aumentar 'conectividade' entre países, diz CEO da Vinci

Em discurso durante a inauguração da primeira etapa das intervenções, Nicolas Notebaert também frisou a preocupação da concessionária com a sustentabilidade

[Após reforma, Aeroporto de Salvador vai aumentar 'conectividade' entre países, diz CEO da Vinci]
Foto : Divulgação / Vinci

Por João Brandão e Juliana Rodrigues no dia 11 de Dezembro de 2019 ⋅ 16:16

Em discurso durante a inauguração da primeira etapa da requalificação do Aeroporto Internacional de Salvador, o CEO do Grupo Vinci Airports, Nicolas Notebaert, afirmou que o objetivo da concessionária é "aumentar a conectividade entre países e pessoas", sem esquecer da preocupação com a sustentabilidade.

"Estamos comprometidos com a mobilidade sustentável, queremos aumentar a conectividade entre países e pessoas. Nossa prioridade é aumentar a interatividade no aeroporto, implementando os padrões de qualidade e segurança. Abrimos oito novas rotas, como Miami, Chile e Panamá. Esse apenas é o início. Estamos preparados para receber o tráfego. O aeroporto recebeu certificação de 'Aeroporto Verde' pela Airports Council International (ACI)", disse, na tarde de hoje (11).

O CEO também se disse "honrado" com a forma como os baianos receberam a Vinci Airports na gestão do terminal. "As nossas equipes, em maioria de Salvador, são maravilhosas. Equipe dinâmica, composta de brasileiros, de baianos. Equipe perfeita para trazer impacto positivo para mobilidade. Grande orgulho de desenvolver nossa atividade. A Vinci ama o Brasil, a Bahia e Salvador", disse.

Notícias relacionadas