Cidade

Ex-deputados retornam para a prisão após terem sido soltos por engano no Rio de Janeiro

Na quarta-feira (11), a Primeira Turma Especializada do TRF-2 suspendeu a prisão preventiva dos ex-deputados Albertassi, Melo, Jorge Picciani e Jairo de Souza Santos (coronel Jairo) no processo da Operação Furna da Onça

[Ex-deputados retornam para a prisão após terem sido soltos por engano no Rio de Janeiro]
Foto : Divulgação

Por João Brandão no dia 15 de Dezembro de 2019 ⋅ 19:00

Os ex-deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi foram reencaminhados para o sistema prisional após terem sido soltos por engano na última sexta-feira (13), por causa de um erro do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Na quarta-feira (11), a Primeira Turma Especializada do TRF-2 suspendeu a prisão preventiva dos ex-deputados Albertassi, Melo, Jorge Picciani e Jairo de Souza Santos (coronel Jairo) no processo da Operação Furna da Onça.

Melo, Albertassi e Picciani também cumprem prisão preventiva no processo da Operação Cadeia Velha. Logo, na prática, a decisão de quarta-feira não deveria resultar na soltura dos ex-parlamentares.

Notícias relacionadas