Cidade

Após arrastão, comunidade recupera itens roubados em praia do MAM

Caso foi relatado pela ouvinte Fernanda, que falou do crime na Metrópole durante o programa Bom Dia na Metrópole

[Após arrastão, comunidade recupera itens roubados em praia do MAM]
Foto : Reprodução/TV Bahia

Por Matheus Simoni no dia 16 de Janeiro de 2020 ⋅ 12:33

Após um arrastão ocorrido na tarde de ontem (15) na prainha do Museu de Arte Moderna (MAM), localizado na Avenida Contorno, moradores da comunidade do Solar do Unhão recuperaram os celulares roubados de visitantes e turistas que estavam na areia. O caso foi relatado pela ouvinte Fernanda, que falou do caso na Metrópole durante o Bom Dia na Metrópole. "Fizeram um arrastão. Fomos na delegacia e registramos. Foi na prainha, estávamos ilhados. Um dos caras estava na prainha, eram três. Ele subiu e voltou com dois. A passagem estava fechada pelo MAM e ele entrou por lá", declarou.

Depois do ocorrido, segundo Fernanda, as vítimas conversaram com os moradores da comunidade, que já tinha acontecido outras vezes. "Eles não meteram arma na cara. Um estava armada e os outros dois estavam armados com facões enormes. Eles só mostraram a arma e pediram para passar o celular. Minha bolsa de palha enorme também foi levada", contou a vítima.

Os objetos foram localizados pelos moradores da comunidade e devolvidos às vítimas. Eles não moram na comunidade. Aqui não existe isso, eles roubaram e foram para lá. Como a comunidade é unida, a gente juntou a galera e foi até eles", contou Henrique Muniz, pescador, em entrevista à TV Bahia. "A praia está aberta para todos os visitantes virem, aqui não tem ladrão", contou.

Ao todo, foram nove celulares recuperados, além de cartões, chaves, cartões, roupas, carteiras e outros objetos. 

Notícias relacionadas