Cidade

'Gordinhas' de Eliana Kertész entram na luta contra a Covid-19

Quem passar pela praça que homenageia a artista plástica hoje vai encontrar as três Meninas do Brasil devidamente mascaradas

['Gordinhas' de Eliana Kertész entram na luta contra a Covid-19]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Metro1 no dia 14 de Maio de 2020 ⋅ 16:50

As irmãs Damiana, Mariana e Catarina, obras da artista plástica Eliana Kertész, também entraram na luta contra o coronavírus. Hoje, quem passa pela praça que homenageia a baiana, que faria 74 anos hoje, vai encontrar as três Meninas do Brasil em Ondina devidamente mascaradas. O uso do apetrecho diminui a transmissão da Covid-19.

Fundidas em bronze, as esculturas têm, em média, três metros de altura e estão assentadas sobre base de concreto. Representação brasileira do mito grego das Três Graças (cárites), as gordinhas estão posicionadas de forma estratégica, conforme indicação da artista: Damiana olha para o oceano, em busca de sua África-mãe; Mariana visa Portugal, no Hemisfério Norte; enquanto Catarina contempla o continente americano.

Notícias relacionadas