Cidade

Prefeitura avalia interditar orla e Dique para evitar exercícios físicos sem máscaras

Segundo prefeito, população deve ter consciência do risco por não utilizar o equipamento e tentar evitar a proliferação do coronavírus na cidade

[Prefeitura avalia interditar orla e Dique para evitar exercícios físicos sem máscaras]
Foto : Max Haack/Secom/PMS

Por Matheus Simoni no dia 18 de Maio de 2020 ⋅ 13:11

O prefeito ACM Neto (DEM) reclamou da circulação de pessoas na orla de Salvador e no Dique do Tororó  que não utilizam máscaras em meio à pandemia de coronavírus. Em entrevista coletiva hoje (18), ele anunciou que tomará atitudes para coibir a prática, quem vem sendo feita por quem pratica exercícios físicos. Na cidade de Salvador o uso de máscaras foi determinado pela prefeitura através de um decreto publicado no Diário Oficial (DOM), que obriga a população a usar equipamentos de proteção no trânsito, transporte público municipal e ambientes de trabalho.

"Muita gente na orla fazendo atividade física sem máscara. Isso não será permitido. Ou a pessoa respeita em nome da coletividade, sem interditar a orla, ou então vamos interditar a orla. Não tenho como colocar a Guarda Municipal para colocar a máscara e fazer com que cada um vá para casa. Não temos que usar a força, nunca usei e não vou usar. Não é característica do nosso trabalho", disse o prefeito.

"Temos duas opções: ou cada um faz sua parte para não prejudicar todo mundo ou vamos ter que interditar a orla. Fica o aviso de que as pessoas que forem utilizar a orla e o Dique, que também tenho observado, que usem a máscara ou iremos fechar", acrescentou Neto.

Notícias relacionadas