Cidade

Coronavírus: Prefeitura retira Bonfim das medidas de restrição e anuncia ações em Periperi

Bairro do subúrbio ferroviário da capital baiana registrou alta nos casos de Covid-19, motivando município a ter que adotar restrição

[Coronavírus: Prefeitura retira Bonfim das medidas de restrição e anuncia ações em Periperi]
Foto : Max Haack/Secom/PMS

Por Matheus Simoni no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 11:23

A prefeitura de Salvador vai promover a adoção de medidas de restrição no bairro de Periperi, localizado no Subúrbio Ferroviário da capital baiana. A informação foi divulgada pelo prefeito ACM Neto (DEM), em transmissão ao vivo nas redes sociais hoje (26), na inauguração da unidade de emergência do Hospital Sagrada Família, no Monte Serrat.

Segundo ele, as medidas deixarão de ser aplicadas no bairro do Bonfim, após bons índices registrados pela gestão municipal. "Entendemos que o trabalho se completou, foi importante ter entrado no Bonfim pra segurar o crescimento dos casos, segurar a taxa e promover higienização das ruas, testes rápidos e máscaras. Pelos resultados, há segurança para concluir operação no Bonfim", disse o prefeito.

"Para que ninguém interprete errado, não deixa de ter que viver a realidade de toda cidade. Não pode abrir o comércio, continuamos em feriado na cidade. Quinta e sexta a suspensão das atividades em toda a capital. Só depois que essas atividades nessa semana, o Bonfim e os bairros que não estão com restrições poderão voltar", acrescentou. 

Ainda de acordo com Neto, Periperi terá início das interdições a partir da quinta-feira (28). Com isso, os bairros da Liberdade, Lobato, Plataforma, Cosme de Farias, Uruguai, Massaranduba e Brotas seguem com restrição nesta semana. No período, os estabelecimentos de serviços que não são considerados essenciais ficam fechados.

A feira livre também está impedida de funcionar. A circulação de carros e ônibus permanece liberada nos bairros. O município vai promover testagem rápida da população, aferição da temperatura das pessoas, limpeza das ruas, medidas de combate ao mosquito Aedes Aegypti e distribuição de cestas para ambulantes e comerciantes informais.

Notícias relacionadas