Cidade

ACM Neto repudia guerra de espadas em Salvador: ‘Absoluta insensibilidade’

Prefeito afirmou que esse tipo de postura é ‘ofensiva à cidade’ e ‘incompatível com o momento que vivemos’

[ACM Neto repudia guerra de espadas em Salvador: ‘Absoluta insensibilidade’]
Foto : Secom PMS

Por Lara Curcino no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 12:28

O prefeito de Salvador, ACM Neto, classificou hoje (26) como “absoluta insensibilidade” as guerras de espada registradas ontem no bairro de Periperi. Foi antecipado para esta segunda-feira (25) o feriado do São João, tradicionalmente comemorado no dia 24 de junho, no intuito de diminuir a circulação de pessoas nas ruas e evitar aglomerações em meio à pandemia de coronavírus.

“É lamentável, porque nós não estamos vivendo um feriado normal em Salvador. Eu vi, inclusive, alguns cards, que circularam nas redes sociais, fazendo uma alusão ao São João. Ora, quem gostaria de estar vivendo o dia 24 de junho no dia 25 de maio? Se nós tomamos essa decisão, é porque outro caminho não era possível. Esse tipo de postura é, na minha opinião, ofensiva à cidade e incompatível com o momento que vivemos, que não é de celebração ou diversão. Talvez muitos ainda não se deram conta de que amanhã ou depois eles podem ser, infelizmente, as próximas vítimas”, criticou o gestor municipal, em live realizada nesta manhã. 

Neto também voltou a comentar sobre a insistente presença de pessoas na região das praias da capital baiana. De acordo com ele, todo esforço está sendo feito para que não seja adotada a interdição de toda a orla da cidade. “Mas se não houver outro caminho, teremos que fazer isso”, completou o prefeito. 

Notícias relacionadas