Cidade

Sem pagar antecipadamente, prefeitura não consegue comprar respiradores

O Executivo municipal tornou sem efeito o contrato de R$ 6,3 milhões para aquisição dos equipamentos que seriam destinados para pacientes com coronavírus

[Sem pagar antecipadamente, prefeitura não consegue comprar respiradores]
Foto : Divulgação

Por João Brandão no dia 17 de Junho de 2020 ⋅ 14:59

A prefeitura de Salvador não conseguiu comprar os 40 respiradores que havia tentado com a empresa PSA Distribuidora.

Conforme publicação no Diário Oficial do Município de hoje (17), o Executivo municipal tornou sem efeito o contrato de R$ 6,3 milhões para aquisição dos equipamentos que seriam destinados para pacientes com coronavírus.

O prefeito ACM havia dito que a prefeitura adota um procedimento diferente do que foi adotado pelo Consórcio Nordeste. “Não tenho como avaliar operação policial, se essas empresas não tinham relacionamento com a prefeitura. Não houve por parte da prefeitura pagamento antecipado. Não pagamos equipamentos antecipadamente”, disse ele, no início de junho.

Notícias relacionadas