Cidade

Bairros de Simões Filho terão medidas de restrição para conter avanço da Covid-19

Cidade da Região Metropolitana de Salvador tem 494 casos de coronavírus, com 13 mortes

[Bairros de Simões Filho terão medidas de restrição para conter avanço da Covid-19]
Foto : GOVBA

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Junho de 2020 ⋅ 13:40

Para conter a disseminação da Covid-19, a prefeitura de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, anunciou que ao menos seis bairros do município serão submetidos a medidas restritivas. Em uma dessas localidades, as medidas já começam hoje (18).

Os bairros que passarão pelas medidas são Centro, CIA 1, KM 25, Pitanguinha, Ponto Parada e Vida Nova, que reúnem o maior número de casos confirmados do novo coronavírus. As medidas começam a valer hoje no bairro CIA 1 e serão aplicadas gradativamente nas demais localidades.

Durante a vigência da restrição, os comércios formais e informais permanecerão fechados e fica proibida a circulação de veículos e pedestres, sem comprovação de urgência ou trabalho.

Apenas farmácias, postos de combustíveis, entrega em domicílio (serviço delivery) e serviços de saúde de urgência e emergência estão autorizados a funcionar, além do acesso ao Sistema de Transporte Coletivo.

A prefeitura também vai implantar barreiras sanitárias nos bairros, com distribuição de máscaras de proteção individual, medição da temperatura e encaminhamento para testagem na unidade de referência, se necessário. Além disso, haverá a desinfecção das vias públicas e ações de enfrentamento ao Aedes Aegypti.

Simões Filho tem 494 casos confirmados de coronavírus, com 13 mortes, segundo o boletim mais recente da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Período de restrição por bairro

  • CIA 1: desta quinta-feira (18) até segunda-feira (22);
  • Vida Nova: de sábado ( 20) até quarta-feira (24);
  • Pitanguinha: de segunda-feira (22) até 26 de junho;
  • KM 25: de quarta-feira (24) até 28 de junho;
  • Centro: do dia 26 de junho até 30 de junho;
  • Ponto Parada: de 28 junho até 2 de julho.

Notícias relacionadas