Cidade

ACM Neto diz que ficou em ‘pânico’ com anúncio de greve dos rodoviários

Funcionários da CSN haviam marcado suspensão a partir do domingo, mas Prefeitura decidiu interferir na empresa

[ACM Neto diz que ficou em ‘pânico’ com anúncio de greve dos rodoviários]
Foto : Max Haack/Secom PMS

Por Lara Curcino no dia 22 de Junho de 2020 ⋅ 12:34

O prefeito ACM Neto afirmou hoje (22) que ficou em “pânico” ao saber do anúncio de greve de quatro mil funcionários da Concessionária Salvador-Norte neste final de semana. 

“Fiquei em pânico, com medo. Não podemos permitir a paralisação do sistema de transporte. Reuni as equipes e decidimos pela intervenção, não havia outro caminho”, disse. 

A CSN entrou na Justiça na noite de sexta (19) para suspender o contrato com a Prefeitura de Salvador. Funcionários anunciaram uma greve para o domingo (21) por atraso no pagamento do ticket-alimentação. Com a iminência de paralisação das atividades, a gestão municipal fechou acordo para intervir na empresa e garantir a manutenção de todos os postos de trabalho, bem como dos vencimentos.

Notícias relacionadas