Cidade

UPA Santo Antônio passa a ter atendimentos domiciliar e psiquiátrico

Unidade de saúde terá a atuação de 191 profissionais e a expectativa é de que sejam atendidas mais de 10 mil pessoas por mês

[UPA Santo Antônio passa a ter atendimentos domiciliar e psiquiátrico]
Foto : Max Haack/ Secom

Por Cristiele França no dia 27 de Junho de 2020 ⋅ 16:31

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Antônio, localizada no bairro de Roma, passa passa a contar com o Serviço de Atenção Domiciliar e atendimento médico psiquiátrico 24h. A inauguração da maior estrutura do tipo na cidade foi realizada nesta sexta-feira (26), com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis, além do secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

A estrutura é a segunda mais importante na área da saúde implantada pela administração municipal em sete anos e meio – atrás apenas do Hospital Municipal de Salvador (HMS), na Boca da Mata. Com mais de 4 mil m² e investimento de R$10 milhões, a UPA Santo Antônio terá a atuação de 191 profissionais e a expectativa é de que sejam atendidas mais de 10 mil pessoas por mês. Os serviços oferecidos são nas áreas de medicina clínica, pediátrica, ortopédica, enfermagem, odontologia, serviço social, farmácia e apoio diagnóstico.

São 26 leitos no total, sendo quatro de reanimação, 19 leitos de observação adulto, cinco pediátricos e mais três de isolamento. Há, ainda, duas salas de inaloterapia (adulto e pediátrico), duas salas de administração de medicamentos (adulto e pediátrico), além de salas de RX, ECG e sutura, serviço social, farmácia, laboratório e almoxarifado.

Notícias relacionadas