Cidade

Prefeitura adia protocolo de retomada e prorroga suspensão das atividades em Salvador

Segundo o prefeito ACM Neto, protocolos setoriais serão adotados para garantir reaquecimento da economia, mas em comum acordo com o Governo do Estado

[Prefeitura adia protocolo de retomada e prorroga suspensão das atividades em Salvador]
Foto : Valter Pontes/Secom/PMS

Por Matheus Simoni e Danielle Campos no dia 30 de Junho de 2020 ⋅ 10:37

O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou a perspectiva de retomada das atividades em Salvador em meio à pandemia de coronavírus e a possibilidade de um plano da gestão municipal para reabrir o comércio da capital baiana. No entanto, ele informou que a suspensão das atividades em Salvador será prorrogada por mais uma semana. De acordo com o prefeito, os planos da capital baiana de retomada já estão prontos. No entanto, ele adotou cautela para que seja construído um plano único entre governo e prefeitura.

"Como as convergências são superiores às dúvidas, estou muito convencido de que podemos construir um plano comum. Já vimos exemplos do Rio e São Paulo, onde governo apresentou um plano e prefeitura apresentou outro. Isso ensejou dúvidas", disse o prefeito.

Ainda segundo Neto, a retomada gradual seria iniciada a partir de 7 de julho. No entanto, é necessário adotar protocolos e medidas setoriais para garantir a saúde e segurança da população. "Mesmo que apresentássemos hoje, nenhuma atividade voltaria até o dia 7 de julho. Se, por ventura, alguma flexibilização viesse acontecer, com critérios atendidos, só ocorreria entre 7 de julho ou 10 de julho", comentou Neto, ressaltando que não há prejuízo no adiamento da proposta de plano para retomada das atividades econômicas.

A flexibilização, de acordo com o prefeito, vai atender a observância da saúde pública como prioridade da gestão municipal. Para o prefeito, a reabertura só será garantida "a partir do alcance dessas metas relacionadas à pandemia, como taxa de ocupação de leitos, taxa de contaminação e ocupação das unidades de pronto atendimento".

Notícias relacionadas

[Cira do Acarajé morre aos 67 anos]
Cidade

Cira do Acarajé morre aos 67 anos

Por Juliana Rodrigues no dia 04 de Dezembro de 2020 ⋅ 08:33 em Cidade

Ela era uma das baianas mais conhecidas de Salvador e vendia os quitutes há mais de cinquenta anos