Cidade

Quase quatro anos: Ladeira do Cacau ainda não foi reinaugurada

Desde outubro de 2011, uma das principais vias entre o Largo do Tanque e o bairro de São Caetano, a Rua Engenho Austriciliano, conhecida como Ladeira do Cacau, está interditada. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 11 de Junho de 2015 ⋅ 14:30

Desde outubro de 2011, uma das principais vias entre o Largo do Tanque e o bairro de São Caetano, a Rua Engenho Austriciliano, conhecida como Ladeira do Cacau, está interditada. O fechamento da via foi feito após um deslizamento de terra, mas o que deveria ser uma obra emergencial se tornou uma novela com o final marcado e descumprido por dezenas de vezes.

De acordo com a Prefeitura de Salvador, o projeto de revitalização do espaço é orçado em R$ 6 milhões e, segundo o secretário de Infraestrutura Paulo Fontana, o prazo de entrega da obra era maio, mas acabou sendo mudado para o primeiro semestre de 2015. Só que junho é o último mês do semestre, e, até agora, nada. “Os atrasos foram por causa das chuvas, que foram intermitentes nesses últimos 60 dias, mas a gente está fazendo tudo que é possível para tentar liberar o tráfego até o final de junho. Temos que concluir essas casas até o final de julho, então, o problema é chuva, é o que faz que a gente atrase”, tenta argumentar o secretário.

População cobra MP
Enquanto a chuva — que só atingiu Salvador nos últimos dois meses — é usada como argumento pela Prefeitura para a morosidade da obra, moradores continuam sofrendo com
a interdição da via e precisam andar cerca de 1 km até o ponto de ônibus mais próximo. Cansada de esperar, a população se uniu para cobrar melhorias e pediu formalmente uma ação do Ministério Público do Estado da Bahia.

 

Notícias relacionadas