Cidade

Prefeitura recua e avalia testagem de 20% de funcionários de shoppings em Salvador

Prefeito ACM Neto conversa com lojistas para definir diretrizes do protocolo de reabertura gradual da economia; medida seria recuo após determinação de testagem completa

[Prefeitura recua e avalia testagem de 20% de funcionários de shoppings em Salvador]
Foto : Max Haack/Secom/PMS

Por Alexandre Galvão no dia 13 de Julho de 2020 ⋅ 14:36

O prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou hoje (13) que apoia a testagem de 20% dos funcionários de grandes centros comerciais da capital, como shoppings. Anteriormente, a gestão falava em realização de exames para detectar a Covid-19 em todos os colaboradores. Essa era uma das medidas que permitira a abertura dos comércios, assim com a manutenção da ocupação de leitos de UTI em 75%. Os estabelecimentos já estão próximos de completar quatro meses sem funcionamento, em decorrência da pandemia de coronavírus. 

"Vou ter reunião hoje para ter essa informação completa. A decisão não é só da prefeitura, mas no que depender da gente, não tem problema de fechar acordo para testar 20% das pessoas", afirmou o prefeito, em conversa como lojistas. 

A medida dos testes foi cunhada em conjunto com o governo do Estado, que precisa também referendar o recuo da taxa. Os exames devem ser repetidos a cada ciclo de 21 dias. Além disso, shoppings e centros comerciais devem limitar o acesso de clientes e reduzir em 50% o número de vagas nos estacionamentos. 

Hoje, Neto disse acreditar que o mês julho iniciará com funcionamento dos ambientes comerciais de maior porte. A crença está baseada na estimativa de abertura de mais 90 leitos de UTI na capital, que teria uma redução da ocupação hospitalar com o crescimento da oferta e não da demanda de pacientes.

Notícias relacionadas