Cidade

Prefeitura anuncia protocolo de abertura para restaurantes, academias e salões de beleza

Atividades terão obrigatoriedade de agendamento prévio, limitação de pessoas e uso de máscara

[Prefeitura anuncia protocolo de abertura para restaurantes, academias e salões de beleza]
Foto : Valter Pontes/PMS

Por Lara Curcino no dia 05 de Agosto de 2020 ⋅ 11:22

O prefeito ACM Neto anunciou o protocolo para a segunda fase de retomada da economia, que depende que a taxa de ocupação dos leitos esteja em 70% ou menos por cinco dias, três deles já alcançados. 

Fica permitido funcionamento de academias, museus, restaurantes, bares, lanchonetes, salões de beleza e barbearia. Além disso, obras em imóveis habitados vão poder expandir o número de funcionário a cada 100 m², que passa de dois para três trabalhadores. 

Shoppings

Nos shoppings, fica permitida a abertura das praças de alimentação, mas com limitação de 50%, assim como salões de beleza e outros estabelecimentos que foram permitidos na segunda fase para toda a cidade. Como regra geral, só poderão utilizar os espaços após checagem da temperatura corporal. 

Academias

Para as academias, o funcionamento será de segunda a sábado, com horário definido pelo próprio local. Os alunos precisarão fazer agendamento prévio e o limite é de uma pessoa a cada 6 m². Além disso, a permanência máxima é de 1h. O uso de máscaras será obrigatório e o estabelecimento fica responsável por essa fiscalização. 

As academias de condomínio estarão liberadas, seguindo a mesma regra das academias comerciais. Atividades coletivas precisarão ter demarcação no solo e afastamento de 2 metros e alunos em equipamentos devem cumprir distância de 1,5 m. Fica proibido o uso de piscina. 

Salões de beleza 

Atendimento precisa ser individual, com agendamento de horário e sem sala de espera. Acompanhantes só serão permitidos para crianças, idosos e pessoas com deficiência. Além disso, só será possível usar 30% da capacidade total do espaço. 

Fica proibido o uso de qualquer serviço que não possa ser feito com o uso de máscara. Funcionamento de segunda a sábado, das 10h às 19h.

Deverá ter um intervalo de 15 minutos entre fim de um serviço e início do próximo, para que haja tempo se fazer higienização de todos os equipamentos.

Bares, restaurantes e lanchonetes

Bares, restaurantes, e similares vão poder funcionar de segunda a domingo, de 12h às 23h. Já as lanchonetes podem abrir das 7h às 16h. Atendimento presencial será à la carte ou buffet com funcionário para servir. 

Com isso, não terá self service no primeiro momento. Também não será permitido rodízio neste primeiro momento. A máscara só poderá ser retirada no momento da alimentação e a fiscalização fica a cargo do próprio estabelecimento. 

Fica proibido qualquer tipo de evento nestes espaços. O cardápio precisará ser digital ou plastificado e, depois da utilização do cliente de cada mesa, devidamente higienizado. Delivery e retirada continuam funcionando normalmente, com horário a ser definido pelo próprio estabelecimento.

O afastamento deverá ser de 2 metros entre mesas e 1 metro entre cadeiras de mesas diferentes, com máximo de seis pessoas por mesa.

Centros culturais, museus e galerias de artes

Estes vão poder funcionar todos os dias. De segunda a sábado a abertura será das 10h às 16h e domingo não haverá restrição de horário. A venda de ingressos deve ser feita, preferencialmente, de forma virtual, com horário agendado, mesmo para acessos gratuitos.

Exibição de filmes ou vídeos fica permitida apenas em espaços abertos e com duração máxima de 15 minutos. O circuito deverá ser mão única, com 30% de utilização do espaço e uso obrigatório de máscara. Ficam proibidas visitas  guiadas, assim como obras interativas.

Notícias relacionadas