Cidade

‘Asseguramos que o Hospital Santa Izabel toma todas as precauções’, diz oncologista

Em entrevista à Rádio Metrópole, médica Clarissa Mathias afirmou ainda que há uma estimativa de redução de 70 mil procedimentos oncológicos em todo Brasil

[‘Asseguramos que o Hospital Santa Izabel toma todas as precauções’, diz oncologista]
Foto : Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Agosto de 2020 ⋅ 09:37

Mesmo em meio à pandemia do coronavírus, o Hospital Santa Izabel continua suas operações com total segurança. Médica oncologista da unidade, Clarissa Mathias foi entrevistada hoje, junto com o provedor da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, José Antônio Rodrigues Alves, por Mário Kertész, na Metrópole.

Doutora Clarissa alertou para o fato de que o medo de pacientes tem provocado um represamento de diagnósticos. “As pessoas ficaram com medo de procurar médicos. Asseguramos para a população que o Hospital Santa Izabel toma todas as precauções. Temos áreas destinadas ao covid e áreas sem covid. Na oncologia, por exemplo, fazemos aferição de temperatura, triagem de paciente sintomáticos, toda questão de paramentação”, narrou.

A médica afirmou ainda que há uma estimativa de redução de 70 mil procedimentos oncológicos em todo Brasil. “O médico do paciente é a única pessoa que pode dizer se ele adiar o tratamento ou o exame. Fora disso, não pode”.
 
José Antônio Rodrigues Alves narrou as dificuldades que a unidade teve que superar em tempos de pandemia e ressaltou que, nas últimas semanas, os atendimentos de pacientes com Covid estão em declínio. “Tivemos desafios significativos. Eu acho que nas últimas cinco semanas temos acompanhando uma queda de casos atendidos de covid, mas mantemos nossos cuidados”.

Como “herança” positiva da pandemia, Rodrigues Alves aponta a implantação da telemedicina. “Funcionamos com uma plataforma de telemedicina no site do Santa Izabel. Estamos voltando com o my day, a nossa urgência já está convertida. Tínhamos mais casos de covid do que não covid, hoje não tivemos nem meia dúzia de atendimentos”.

Notícias relacionadas