Cidade

Em meio a pandemia, blocos e camarotes seguem vendendo abadás para carnaval 2021 em Salvador

Em julho, o prefeito da capital baiana, ACM Neto, havia declarado que, se não houver vacina até novembro, a prefeitura não terá segurança para manter o evento

[Em meio a pandemia, blocos e camarotes seguem vendendo abadás para carnaval 2021 em Salvador]
Foto : Max Haack / Ag Haack

Por Kamille Martinho no dia 22 de Outubro de 2020 ⋅ 09:30

Os blocos e camarotes do carnaval de Salvador seguem vendendo abadás para o evento de 2021, apesar da pandemia da Covid-19. Nas redes sociais, blocos anunciam as vendas e alguns chegam a fazer contagem regressiva para o evento, inclusive com enquete para que os foliões escolham as atrações que querem curtir em 2021. As informações são do G1.

Em julho, o prefeito da capital baiana, ACM Neto, havia declarado que, se não houver vacina até novembro, a prefeitura não terá segurança para manter o carnaval. Neto também analisou a possibilidade da folia ser realizada em julho, mas nada foi definido.

De acordo com o diretor da Central do Carnaval, uma das empresas que reúne vendas dos festejos, Joaquim Nery, os abadás estão sendo comercializados porque é a tradição, mas não há incentivo ao consumo.

Notícias relacionadas