Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cultura

Depois de 33 anos, Ministério da Justiça endurece classificação indicativa de 'Um Príncipe em Nova York'

Segundo a decisão, o filme “não recomendado para menores de 14 anos”; longa é um clássico da tv aberta, e já foi transmitido 17 vezes na Sessão da Tarde

[Depois de 33 anos, Ministério da Justiça endurece classificação indicativa de 'Um Príncipe em Nova York' ]
Foto : Paramount HE/ Divulgação

Por Luciana Freire no dia 01 de Fevereiro de 2021 ⋅ 17:00

Um dos grandes clássicos da Sessão da Tarde, a comédia “Um Príncipe em Nova York” talvez não marque mais presença na faixa. Segundo uma decisão publicada no Diário Oficial da União na última sexta (29), o filme estrelado por Eddie Murphy passou a ser “não recomendado para menores de 14 anos”. 

Desde 1991 o filme é rotulado com classificação livre pelo Ministério da Justiça e já foi exibido 17 vezes na Sessão da Tarde. Agora, o longa deve ser exibido na TV aberta apenas depois de 21h, por recomendação.

De acordo com o despacho, assinado por Eduardo de Araújo Nepomuceno, Coordenador de Política de Classificação Indicativa, foi levada em consideração uma “denúncia de cidadão” solicitando a revisão da classificação para o longa, disponível na Netflix.

“Um Príncipe em Nova York 2" chega dia 5 de março ao Prime Video. A produção estava programada para estrear nos cinemas em agosto de 2020, mas teve sua estratégia de lançamento repensada em razão da pandemia. O longa conta a jornada de Akeem (Eddie Murphy), em busca do paradeiro do seu herdeiro, em algum lugar dos Estados Unidos. A continuação traz novamente à tela a dupla Eddie Murphy e Arsenio Hall.

Notícias relacionadas