Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cultura

No Roda Baiana, Pedro Pondé fala sobre novo albúm

Artista baiano lança disco 'Simples Assim' na próxima sexta-feira (12)

[No Roda Baiana, Pedro Pondé fala sobre novo albúm]
Foto : Reprodução

Por Gabriel Amorim no dia 05 de Março de 2021 ⋅ 14:22

Convidado de hoje do Roda Baiana, o cantor e compositor baiano Pedro Pondé falou sobŕe seu novo trabalho.  Depois do EP Licença, lançado em 2017, ‘Simples Assim’ é o primeiro disco solo do artista baiano. O trabalho chega a todas as plataformas digitais em 12 de março, e é resultado de mais de um ano de trabalho do artista.

Na conversa com Jonga Cunha, Fernando Guerreiro e Faustão, Pondé falou sobre o processo do disco e a expectativa para seu lançamento. “É um momento de bastante ansiedade pra mim. Foi um disco que demorou um ano para ser gravado. Quando você faz a música voce quer logo colocar pro mundo, para que as pessoas possam ouvir. O nome do disco é Simples Assim mas foi bem complicado para fazer. Ele foi feito antes da pandemia, mas acredito que ele vai chegar na hora certa. Estamos sendo bombardeados todos os dias. Espero que o disco chegue para as pessoas e dê uma alegria, uma leveza”, contou.

No processo de construção do disco o artista compôs 18 canções. Algumas ficaram de fora do trabalho que chega às plataformas digitais em uma semana. “Eu não penso ‘quero falar sobre isso’. Muitas vezes eu escrevo, eu falo, e só vou entender depois. Eu busco informações, recolho informações, elas vão se juntando e depois eu vou vendo o que acontece”, contou o artista. Sobre o novo trabalho, Pedro define o disco como uma obra romântica. “Fiz uma música de amor para coisas simples que eu gosto, pro café, pra rede, pra viajar. Peguei um pouquinho de cada lugar que eu gosto, das coisas que eu gosto muito”, fala sobre a canção que dá título ao álbum. 

Apesar da definição, rótulos não são algo comum para o artista. Questionado sobre como ele classificaria o próprio trabalho, Pondé falou sobre as definições. “Eu não me definiria não, porque acho que ao me definir eu me limito, me coloco numa caixa, mas se fosse para escolher um rótulo acho que seria o pop, que abarca tudo. Eu gosto de flertar com todos os ritmos. Neste trabalho, tem samba reggae, tem samba rock, tem reggae, tem pitadas de lambada, de arrocha, tem cumbia”.

Ainda durante a entrevista, o artista fez questão de agradecer à sua equipe e ao seu público. ‘Simples Assim’ foi totalmente custeado através de uma campanha de financiamento coletivo. “Esse trabalho só existe por causa do público. Nesse estilo de música que escolhi fazer eles são meus grandes divulgadores, apoiadores e nesse momento são meus patrocinadores. Eu gosto de estar perto, de trocar ideias. Acabo criando uma relação de amizade”, finalizou. 

A edição de hoje do Roda Baiana está disponivel na íntegra através do YouTube:

Notícias relacionadas