Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Cultura

Foto com Tom Jobim, Millôr, João Ubaldo, Hugo Carvana, Veríssimo e Paulo Casé em bar viraliza

Rita Carvana, filha de Hugo, publicou a imagem nas redes e explicou que os encontros na Cobal eram frequentes

Foto com Tom Jobim, Millôr, João Ubaldo, Hugo Carvana, Veríssimo e Paulo Casé em bar viraliza

Foto: Reprodução X

Por: Metro1 no dia 30 de novembro de 2023 às 08:32

Uma simples foto de mesa de bar viralizou nas redes essa semana. O motivo: os integrantes da farra são Hugo Carvana, João Ubaldo Ribeiro, Millôr Fernandes, Luis Fernando Verissimo, Tom Jobim e Paulo Casé. A imagem, um registro da Cobal do Leblon, foi publicada no X (ex-Twitter), pela filha de Hugo, Rita Carvana, e fez o maior sucesso. 

Cobal é a sigla para Companhia Brasileira de Alimentos, criada pelo governo João Goulart em 1962. Fazia parte de uma série de programas sociais de abastecimento e comercialização de gêneros alimentícios populares e que atendia principalmente famílias de baixa renda. Os artistas, porém, costumavam se reunir ali todo sábado, no início dos anos 1990, para beber e papear à vontade.

Depois que a postagem viralizou, Rita foi entrevistada pelo jornal O Globo para contar um pouco da história da foto. "Lembro que a turma principal era meu pai, o Tom Jobim, o João Ubaldo… Tinha umas pessoas que não estão na foto, mas que estavam sempre lá, tipo o Abel Silva e o Antônio Pedro, que era muito amigo do meu pai", disse. 

E continuou: "Eles falavam besteiras, muitas coisas do cotidiano, papo de bar mesmo. Não eram questões complexas, sabe? Lembro muito bem de Tom Jobim falando sobre passarinho, ele falando longamente sobre um tipo de gavião e o João Ubaldo com todas aquelas histórias da Bahia".  

Segundo ela, as reuniões foram escasseando conforme a imprensa foi descobrindo o ponto de encontro e dando notícia a respeito. "Acho que eles pararam de frequentar depois de tanto sair em jornal, foi ficando uma coisa mais popular e aí começou a aparecer mais gente e o point da Cobal meio que acabou, mas demorou anos para isso acontecer. Eles tiveram a felicidade de viver uma época em que eles podiam ser eles, sem ficar podando o jeito. Às vezes eu queria ter pais fora da mídia, mas foi uma infância incrível que rendeu boas histórias", concluiu.