Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Cultura

/

"Considero que foi um verdadeiro milagre", diz Roseana Murray por ter sobrevivido a ataque de pitbulls

Cultura

"Considero que foi um verdadeiro milagre", diz Roseana Murray por ter sobrevivido a ataque de pitbulls

A escritora de 73 anos foi atacada pelos cachorros no dia 5 de abril, ela perdeu um braço e uma orelha, mas está fora de perigo no hospital

"Considero que foi um verdadeiro milagre", diz Roseana Murray por ter sobrevivido a ataque de pitbulls

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 15 de abril de 2024 às 10:23

Atacada no último dia 5 de abril por três cães da raça pitbull, a escritora Roseana Murray segue internada sem previsão de alta, mas também sem risco de morte. "Considero que foi um verdadeiro milagre, uma convergência de fatores impressionante", declarou ela em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, exibido neste domingo (14). 

"Um momento da tragédia foi tão... saí de casa, os três cachorros estavam na rua e pensei: eles vão me deixar passar. Mas quando passei, eles me atacaram ao mesmo tempo. Foi muito rápido, eles praticamente teriam me destruído. Gritei por socorro, mas não passava ninguém, pois estava indo para academia às seis da manhã. A pessoa que me salvou era um rapaz que corria na praia", relatou Roseana sobre o momento da tragédia.

O salvador da escritora e poetisa de 73 anos foi Eduardo Neves, ultramaratonista que treinava ali perto. Na reportagem, ele contou que uma terceira pessoa também ajudou a salvar Roseana. "Quando cheguei próximo, vi a senhora deitada no chão, três cachorros em cima, atacando de todas as formas. Fui com um cabo de vassoura pedindo para saírem, mas eles vinham para cima de mim. Subi o muro até o da casa dela, nem sabia quem era. Gritava por socorro, e do nada veio um carro de passeio. Foi quando começaram a me ajudar, enquanto eu enfrentava os cachorros e o motorista jogava o carro em cima deles", lembrou.

O caso aconteceu em Saquarema, na rua onde Roseana mora. Por causa do ataque, ela teve um braço amputado e também perdeu uma orelha. A escritora pensa em colocar um braço biônico para voltar a trabalhar.