Cultura

\"Em 100 anos, o mundo mudou de forma bárbara\", diz professor sobre livro que retrata século XIX

O professor e historiador Luís Edmundo Moraes falou sobre seu livro \"História Contemporânea, da Revolução Francesa à Primeira Guerra Mundial\", em entrevista à Rádio Metrópole, na tarde desta segunda-feira (18). [Leia mais...]

[\
Foto : Reprodução / Youtube

Por Matheus Morais no dia 18 de Setembro de 2017 ⋅ 12:51

O professor e historiador Luís Edmundo Moraes falou sobre seu livro \"História Contemporânea, da Revolução Francesa à Primeira Guerra Mundial\", em entrevista à Rádio Metrópole, na tarde desta segunda-feira (18). Para o autor, a expectativa do livro é cobrir aquilo que ele imagina ser o século XIX. Segundo ele, a Revolução Francesa abriu portas e trouxe à tona ao mundo \"ideias que continuam a circular\".

\"Foi uma abertura de portas. A ideia de sociedade igualitária ainda tenta se realizar em parte significativa em parte do mundo ou no mundo inteiro. O que o século XIX tem em particular é que as feições do mundo em que a gente vive foram delineadas nesse tempo. Em aproximadamente 100 anos, o mundo mudou de forma muito bárbara. Não só a dimensão da política, a partcipação da sociedade na política, a tecnologia, investimento na expansão industrial e o investimento numa sociedade de produção de riquezas e bens\", disse.

\"As pessoas daquele tempo não estavam preparadas para isso. Essas coisas são todas novas, essas mudanças aconteceram muito rápido, o século XIX tem essas características\", completou.

Notícias relacionadas