Cultura

Riachão diz que "Vá Morar com o Diabo" foi presente divino: "Jesus me mandou essa música"

Reconhecido sambista brasileiro, Riachão revelou que "Vá Morar Com o Diabo", uma de suas composições mais famosas, interpretada por nomes como Caetano Veloso e Cássia Eller, não é muito de seu agrado e que, por mais irônico que possa parecer, a letra foi um presente divino [Leia mais...]

[Riachão diz que
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Luiza Leão e Paloma Morais no dia 20 de Outubro de 2017 ⋅ 18:01

Reconhecido sambista brasileiro, Riachão revelou que "Vá Morar Com o Diabo", uma de suas composições mais famosas, interpretada por nomes como Caetano Veloso e Cássia Eller, não é muito de seu agrado e que, por mais irônico que possa parecer, a letra foi um presente divino. "Jesus me mandou essa música", garantiu, durante entrevista na Rádio Metrópole, nesta sexta-feira (20).

"Olhe, a música é minha, mas não gosto. Ela nasceu na Bahia, mas não foi com meu consentimento. Foi quando eu estava com um amigo no bar bebendo e, daqui a pouco, um amigo me chamou para conversar sobre a nega dele. Ele disse que a nega dele não queria fazer nada: cozinhar, limpar, arrumar o barraco. Eu ouvindo com todo carinho... Mas no final do bate papo ele disse: ʹquem guenta isso?ʹ. Vá morar com o diabo! Ai chegou o final da conversa e se despediu de mim. Quando ele foi embora Jesus mandou essa música. Mas eu não tenho amor a essa música por causa dessa palavra, porque a mulher não merece morar com o diabo", revelou.

 

Notícias relacionadas