Cultura

Marcelo Nova revela história curiosa sobre como efetivou filho em sua banda: \"É dó, porra!\"

O cantor Marcelo Nova, fundador da banda Camisa de Vênus, esteve nos estúdios da Rádio Metrópole, nesta sexta-feira (3), e comentou com Chico Kertész a sua parceria musical com o filho Drake nos palcos. [Leia mais...]

[Marcelo Nova revela história curiosa sobre como efetivou filho em sua banda: \
Foto : Jessica Galvão/Metropress

Por Jessica Galvão e Paloma Morais no dia 03 de Novembro de 2017 ⋅ 18:08

O cantor Marcelo Nova, fundador da banda Camisa de Vênus, esteve nos estúdios da Rádio Metrópole, nesta sexta-feira (3), e comentou com Chico Kertész a sua parceria musical com o filho Drake nos palcos.

\"Há nove anos já toco com ele. Os primeiros shows que ele participou ele tinha uma guitarrinha de madeira, mas desde os 3 anos de idade ele já tocava. A partir dai foi só questão de tempo. Aos 16 anos ele começou a tocar profissionalmente comigo\", disse o artista.

Nova contou uma divertida história sobre como efetivou Drake em sua banda. \"Nós estávamos tocando, e era uma época que eu mudava muito de banda, e eu tava tocando com um guitarrista, a música começou e o cara solando sem parar. A música chegou no meio e o cara solando sem parar. Ele [Drake] com 16 anos, molequinho, saiu de um lado do palco para o outro, chegou no ouvido do cara, que devia ter quase 40 anos, e falou: ʹÉ dó, porra! É dó! Segura em dó!ʹ. Eu disse: ʹBom, tenho que efetivá-lo. A partir de agora não é mais quebra-galho, a partir de agora é o caraʹ, contou.

O artista lança nesta sexta-feira, o livro \"O Galope do Tempo - Conversas com André Barcinski\". O evento será realizado a partir das 19h, na Livraria Saraiva do Salvador Shopping. No livro, Marcelo trata de histórias da própria vida, percepções sobre música, carreira, família, cinema, Brasil, carnaval, drogas, tatuagens, Bob Dylan, Raul Seixas, entre outros temas.

Notícias relacionadas

[ 'Teatro me alimenta', celebra ator Frank Menezes ]
Cultura

'Teatro me alimenta', celebra ator Frank Menezes

Por Juliana Almirante no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 12:34 em Cultura

Conhecido por espetáculos teatrais como "A Bofetada", ele afirmou que, apesar de as peças serem baseadas em textos, cada apresentação se torna diferente