Cultura

Globo tentou escalar atrizes negras para evitar polêmica em 'Segundo Sol'

As primeiras cenas exibidas da trama provocaram polêmica nas redes sociais, que questionam falta de representatividade da comunidade negra em uma novela gravada na Bahia

[Globo tentou escalar atrizes negras para evitar polêmica em 'Segundo Sol']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 04 de Maio de 2018 ⋅ 10:50

Camila Pitanga chegou a ser escalada para ser protagonista na novela "Segundo Sol", mas recusou o convite. Segundo o site "Notícias da TV", a atriz alegou que ainda não havia superado a morte do colega Domingos Montagner, no rio São Francisco, na reta final de "Velho Chico", em setembro de 2016, e que não se sentia preparada para voltar aos estúdios. 

A Globo, então, cogitou Taís Araújo, mas o convite não chegou a ser feito porque ela estava no ar em "Mister Brau". Assim, diante da falta de uma protagonista negra, a emissora então devolveu o papel a Giovanna Antonelli, que era a primeira opção. 

A falta de atores negros motivou uma discussão entre os atores da trama, e também nas redes sociais, com a cobrança de um posicionamento formal da emissora. Por meio de nota, a Globo se pronunciou: "Uma história como a de Segundo Sol, também pelo fato de se passar na Bahia, nos traz muitas oportunidades e, sem dúvida, reflexões sobre diversidade na sociedade, que serão abordadas ao longo da novela, que está estruturada em duas fases". 

O texto diz ainda: "Que as manifestações críticas que vimos até agora estão baseadas sobretudo na divulgação da primeira fase da novela, que se concentra na trama que vai desencadear as demais. Estamos atentos, ouvindo e acompanhando esses comentários, seguros de que ainda temos muita história pela frente. Foi colocado [na reunião com atores] que, de fato, ainda temos uma representatividade menor do que gostaríamos e vamos trabalhar para evoluir com essa questão. É importante esclarecer que conversas como as que aconteceram ontem [quarta-feira, 2] são comuns e, inclusive, encorajadas numa empresa que preza a transparência e o diálogo com seus colaboradores".

Notícias relacionadas