Cultura

Estudo aponta uso de robôs para divulgar filme sobre Edir Macedo

O filme, lançado em 29 de março, tornou-se a maior bilheteria da retomada do cinema brasileiro no dia 7 de maio, ao atingir a marca de 11,383 milhões de ingressos vendidos

[Estudo aponta uso de robôs para divulgar filme sobre Edir Macedo]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 17 de Maio de 2018 ⋅ 18:10

A divulgação do filme "Nada a Perder", sobre a vida do bispo Edir Macedo, teve a maciça divulgação ajudada não apenas pelo poder divino, mas também pela força dos bots – programas desenvolvidos para simular humanos.

A conclusão é de um monitoramento do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (DCC-UFMG) sobre os assuntos mais comentados do Twitter.

O filme, lançado em 29 de março, tornou-se a maior bilheteria da retomada do cinema brasileiro no dia 7 de maio, ao atingir a marca de 11,383 milhões de ingressos vendidos.

Análise de publicações na rede social em nove datas diferentes, entre 16 e 28 de março, calcula que 29,5% dos 291 usuários que ajudaram a levar a hashtag #NadaaPerder aos trending topics apresentaram comportamento robótico, com postagens repetitivas e sucessivas.

O DCC-UFMG também levou em conta publicações com a hashtag #NadaAPerder. Foram checadas 158 contas – 24% com suspeita de automatização. Ao todo, a pesquisa analisou 9.322 tweets com as duas tags.

Notícias relacionadas