Cultura

Isadora Ribeiro comemora 30 anos de carreira: 'Nem meu peito caiu'

Símbolo sexual dos anos 1990, ela diz: “Nunca tive problemas em posar nua ou aparecer em papéis sensuais. Eu reclamava era de cachê baixo”

[Isadora Ribeiro comemora 30 anos de carreira: 'Nem meu peito caiu']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 10:00

Isadora Ribeiro comemora 30 anos de carreira com a peça "Diário de bordo", que estreia hoje (16), no Rio de Janeiro. A atriz, que nos últimos cinco anos sofreu perdas sucessivas e importantes na família, tem na fé a sua fortaleza. “Sem a menor dúvida, se não tivesse muita fé em Deus, eu enlouqueceria”, disse ela ao jornal "Extra".

Mãe de duas filhas, Maria, de 21 anos, e Valentine, de 12, Isadora não tem pudor em dizer que decidiu frear a carreira de atriz em prol da maternidade: “Eu queria cudair delas, me dedicar ao ofício de ser mãe. Toda escolha é uma renúncia e eu renunciei ao que poderia ser uma carreira na televisão, por exemplo”.

Símbolo sexual dos anos 1990, ela se orgulha dos trabalhos que fez. “Nunca tive problemas em posar nua ou aparecer em papéis sensuais. Eu reclamava era de cachê baixo”, diz. Com 17 novelas no currículo, entre elas “Explode Coração” e “Mulheres de Areia”, Isadora não esconde que sofreu com preconceitos: “Ser bonita já trazia uma cobrança. Tinha que provar a todo momento que também tinha talento. Me lembro uma vez que sofri bullying de uma atriz meio feiosa durante um programa”.

Aos 53 anos, a musa garante que envelhecer não foi um drama. “Tenho sangue de índios e negros. É difícil cair alguma coisa aqui”, desafia, ao assegurar que nunca recorreu às cirurgias plásticas: “Nem meu peito caiu, não precisei de silicone. E botox, só fiz no canto do olho porque não quero ficar sem expressão”.

Longe da TV desde 2011, Isadora não pensa em bater na porta de emissoras pedindo emprego. “Já não tenho esse ego. Não morro se não tiver um papel na TV. Morro se não puder pagar minhas contas, porque sou sozinha para tudo e tenho duas filhas para sustentar”, avisa.

Notícias relacionadas

[Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos]
Cultura

Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos

Por Luciana Freire no dia 08 de Novembro de 2020 ⋅ 08:21 em Cultura

Em setembro e outubro, Vanusa esteve internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores, em Santos, por causa de um quadro grave de pneumonia