Cultura

'Do Palácio ao Bordel': jornalista lança livro com segredos de coberturas em Londres

'O livro não remete meramente às reportagens, mas servem de base para as histórias e segredos daquela época', afirma

['Do Palácio ao Bordel': jornalista lança livro com segredos de coberturas em Londres]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 31 de Outubro de 2018 ⋅ 12:41

Correspondente internacional da Folha de S.Paulo em Londres de 1985 a 1992, Antonio Carlos Seidl foi testemunha de fatos históricos para o país britânico e reuniu em um livro segredos e histórias dos bastidores da política internacional. Em entrevista a Mário Kertész hoje (31), na Rádio Metrópole, o jornalista contou detalhes sobre a confecção da obra, batizada de “Do Palácio ao Bordel – Crônicas e segredos de um jornalista brasileiro em Londres”, da editora Grua.

"São histórias de minha experiência como correspondente da Folha de S. Paulo em Londres no final do século passado. Eu faço uma visita às minhas reportagens e entrevistas exclusivas feitas durante aquele período e faço uma ponte entre aqueles anos e os dias de hoje. O livro não remete meramente às reportagens, mas servem de base para as histórias e segredos daquela época", afirmou Seidl.

Ainda de acordo com o jornalista, por ser um correspondente internacional, por diversas vezes ele precisou reportar assuntos das mais diferentes editorias.

"Correspondentes de jornais brasileiros daquela época e de hoje enfrentam grande dificuldades. Temos um país de instabilidade política e econômica, com um problema da taxa de câmbio e juros altos. As empresas brasileiras de jornalismo não têm capacidade financeira de manter em Londres equipes de jornalistas especializados. Isso que jornais de países ricos fazem", afirmou. Na obra, o escritor relata encontros com o príncipe Charles, uma prostituta candidata e outras personalidades. 

Notícias relacionadas