Cultura

Com foto dos tempos de fã, Maradona chama Pelé de 'Rei'

Após décadas de hostilidade, o craque argentino recorda encontro com o brasileiro e deseja a ele uma "rápida recuperação"

[Com foto dos tempos de fã, Maradona chama Pelé de 'Rei']
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 10 de Abril de 2019 ⋅ 09:10

O craque argentino Diego Maradona escreveu mais um capítulo na eterna disputa pelo trono de melhor jogador do mundo, que alimentou por décadas, em relação ao brasileiro Pelé. Nesta terça-feira (9), ele publicou no Instagram uma foto do dia em que conheceu o seu então ídolo. E, mais surpreendente ainda, na legenda, chama Pelé de 'Rei' - reconhecendo, pela primeira vez em muito tempo, a majestade do ex-camisa 10 do Santos Futebol Clube e da Seleção Brasileira.  

"Hoje essa foto completou 40 anos. Foi no Rio de Janeiro, quando nos conhecemos pessoalmente. Que jovens que estávamos... Desejo-te uma muito rápida recuperação rei @Pele, muita força!!! ⚽️", declarou.

De fato, o encontro se deu no dia 9 de abril de 1979, no Copacabana Palace, a pedido do jovem promissor do Argentino Juniors. Na ocasião, Maradona tinha 18 anos e realizou o sonho de encontrar-se com o rei do futebol graças ao seu compatriota, o jornalista e escritor Guillermo Blanco. "Ele me fez uma confissão, no meio de uma entrevista: 'Um dos meus sonhos é conhecer Pelé!'. Ele era como qualquer garoto que gostava de bola, só queria saber do Pelé", disse Blanco, anos depois. 

Em uma reportagem da época, quando aparecia como o melhor jogador argentino, Maradona confessa: "Eu procuro imitar o Pelé. Já te digo: ele é o melhor de todos os tempos". E ainda sobre o hoje legendário encontro, a capa da revista argentina "El Gráfico" estampou em manchete: "Maradona realizou seu sonho".

Fato curioso: a mesma revista publicou alguns conselhos que Pelé dispensou ao jovem súdito. E que, pelo decorrer de sua acidentada carreira, ele não parece ter ouvido. Um deles: "Nunca se ache melhor que os outros, porque no dia em que você acreditar nisso, tudo estará perdido". E o rei também alertou o argentino a cuidar do físico: "ferramenta fundamental para o esporte". 

Acontece que, após aquele início carinhoso, com direito a sessão de violão e autógrafo, a relação de Maradona com Pelé passou a se manifestar de forma cada vez mais agressiva. É incontável a quantidade de ofensas proferidas, nas últimas décadas, por ele contra o brasileiro. Um típico caso freudiano de tentativa de "assassinato do pai". Com a postagem de ontem, porém, El Pibe de Oro baixa as armas e, por que não?, demonstra amadurecimento.

Vale lembrar que Pelé foi internado com infecção urinária no último dia 3, em Paris, no período em que cumpria a agenda de um patrocinador. O Rei havia acabado de se encontrar com o francês Mbappé, do PSG. Ele ficou cinco dias internado, passou por intervenção cirúrgica e teve alta nesta segunda (8). No retorno ao Brasil, foi novamente internado, em São Paulo. Ainda não se manifestou sobre a postagem de Maradona.

Notícias relacionadas

['Rebanho' da mostra CowParade ocupa as ruas de Salvador]
Cultura

'Rebanho' da mostra CowParade ocupa as ruas de Salvador

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Outubro de 2019 ⋅ 14:48 em Cultura

Sessenta esculturas de vacas em tamanho real, feitas em fibra de vidro, ganharam cores e texturas e foram distribuídas por diversos pontos da cidade