Cultura

Filho de João Gilberto acusa Bebel de estar 'roubando o pai'

João Marcelo afirmou: "Ela está roubando todo o dinheiro do meu pai, vivendo que nem uma rainha. Cortou o orçamento dele para pedir comida no restaurante Degrau"

[Filho de João Gilberto acusa Bebel de estar 'roubando o pai']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 25 de Abril de 2019 ⋅ 11:30

João Marcelo Gilberto, músico e filho do cantor João Gilberto, acusou sua irmã Bebel Gilberto de "roubar o pai". Em entrevista por telefone ao jornal O Globo, nesta quarta-feira (24), ele afirmou: “Ele se sente um prisioneiro, a Bebel só dá R$ 1 mil por semana. Ela está roubando todo o dinheiro do meu pai, vivendo que nem uma rainha. Cortou o orçamento dele para pedir comida no restaurante Degrau [no Leblon, no Rio], o que ele fazia há anos”.

Bebel, que interditou o pai no ano passado e passou a cuidar de sua vida financeira, respondeu por meio de nota: “Espero que o meu irmão nos procure para dividir comigo a responsabilidade de zelar pela privacidade e bem estar do nosso pai ao invés de usar as suas mídias e as redes sociais para fins pessoais”, disse.

João Marcelo afirmou ainda: “Bebel me excluiu completamente, e está espalhando muitas mentiras sobre mim e a minha família. Eu estou conversando com meu pai todo dia, e ele me deu permissão para falar. Avisei: ‘pai, vou falar horrores para a imprensa’, e ele disse para eu fazer isso mesmo. Meu pai me chama de ‘John Junior’, eu sou como ele, reservado. Nunca quis estar nos holofotes, mas preciso falar”.

O produtor musical, que vive em Nova Jersey, disse ainda que a interdição que João Gilberto sofreu por parte da irmã teve justamente o objetivo de cuidar desses dois aspectos de sua vida. À época, Bebel divulgou que ele sofria de “confusão mental havia alguns anos” e “absoluta penúria financeira”. Mas o irmão não concorda com a condução da situação.

O cantor ganhou recentemente uma ação avaliada em R$ 173 milhões por direitos autorais de seus primeiros discos. Enquanto isso, teria dívidas acumuladas com o condomínio em que mora. “Este dinheiro da ação está para sair. Por isso a Bebel está tão interessada”, acusa. Ele disse ainda que tentou convencer o pai, no passado, a aceitar seu auxílio para lidar com as finanças. Mas o juazeirense recusou.

“Ele é muito turrão e não quis ceder. O que aconteceu? A Bebel foi lá. Minha missão na vida é conseguir justiça para meus pais. Minha mãe também foi roubada. Não recebeu pela gravação de ‘Garota de Ipanema’ [de 1964, com o saxofonista norte-americano Stan Getz], que estourou no mundo todo e vendeu 27 milhões de cópias. Ela é mais conhecida mundialmente do que João Gilberto”, afirmou.

João Marcelo disse ainda que pretende reverter a interdição do pai: “Mas está tudo parado, por conta da Bebel, que tem a ajuda da Paula Lavigne. Eu estou quebrado. Gastei uma fortuna indo ao Brasil diversas vezes para tentar endireitar as coisas”.

Procurada pelo jornal O Globo, a empresária Paula Lavigne comentou: “A ajuda que ele menciona se refere aos advogados de Bebel serem da minha família. Lembrando: quem se preocupa com a questão financeira é ele. Bebel se preocupa com a saúde do pai. Existe todo um controle judicial sobre este caso, o juiz cuidando disso é muito sério. E, se ele está dizendo que estou ajudando Bebel a roubar o pai, vai ter que provar na Justiça”.

Notícias relacionadas