Cultura

Alunos de federais passam a consumir mais cultura após entrar na universidade, aponta estudo

Segundo levantamento da Andifes, estudantes leem um maior número de obras literárias e assistem mais filmes; quase 80% dizem usar as bibliotecas

[Alunos de federais passam a consumir mais cultura após entrar na universidade, aponta estudo]
Foto : Cinema da Ufba | Reprodução / Agenda Arte e Cultura

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 11:20

Além de trazer dados sobre o perfil socioeconômico dos estudantes das universidades federais, o levantamento divulgado ontem (16) pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) aponta que o ingresso nas instituições influencia positivamente no consumo cultural dos alunos.

Segundo o estudo, metade dos estudantes (50,2%) disse ter passado a consumir mais obras literárias após ingressar nas instituições de ensino. Também há registro de alta no consumo de filmes para 42% dos alunos. Já em relação a outras atividades, como peças teatrais e shows, a maioria dos discentes afirma que o consumo não se alterou após a entrada na universidade.

Cerca de quatro em cada cinco estudantes (78,5%) afirmam utilizar as bibliotecas das instituições de ensino. Desse porcentual, 23,3% dizem ir à biblioteca menos de uma vez por semana; 18,3% vão pelo menos uma vez por semana; 26,7% frequentam os espaços 2 ou 3 vezes por semana; e 10,3% recorrem aos acervos quatro ou mais vezes por semana.

Notícias relacionadas