Domingo, 17 de outubro de 2021

Cultura

Fagner comenta polêmica com Milton Nascimento: 'Tem mercado para tudo'

Cantor faz sessão de autógrafos hoje no lançamento de biografia, na Livraria Leitura, do Salvador Norte Shopping

Fagner comenta polêmica com Milton Nascimento: 'Tem mercado para tudo'

Foto: Divulgação/ Fagner

Por: Juliana Almirante no dia 26 de setembro de 2019 às 12:22

O cantor Raimundo Fagner comentou hoje (26), em entrevista à Rádio Metrópole, a polêmica envolvendo a declaração do colega Milton Nascimento, que afirmou que a música brasileira estaria uma merda. Ele considera que a música de hoje tem características do tempo atual e que cada momento tem suas diferenças. 

Ele lança na noite de hoje, na capital baiana, a biografia assinada pela jornalista Regina Echeverria "Raimundo Fagner: quem me levará sou eu". O evento contará com uma sessão de autógrafos do artista, na Livraria Leitura, do Salvador Norte Shopping.

"Com certeza são características de cada tempo. O tempo vai passando e escuto tudo. Sempre fui, com origem no Nordeste, de ouvir rádio AM. Milton deve ter a colocação dele e os ouvidos dele. É um ouvido super-privilegiado. É um artista ímpar. Mas essa história de que nossa geração é melhor isso vem há muito tempo. Porque cada momento é um momento que a gente está vivendo e que a cultura está vivendo. E que surgem pessoas falando diferente e falando bonito também", avaliou, em entrevista à rádio.

Apesar de avaliar que a tendência de moda na música deva ser questionada, Fagner diz que até mesmo a música da geração dele e de Milton também já foi considerada moda. 

"A moda sempre é muito questionável, mas também já fomos moda. Hoje somos referência, mas não se deve julgar, porque cada momento é diferente. Tem gente bacana escrevendo no modismo e tem gente também muito mal. Tem pessoas que assassinam mesmo a música. Faz parte do mercado. Tem mercado para tudo", afirmou. 

Fagner comenta polêmica com Milton Nascimento: 'Tem mercado para tudo' - Metro 1