Cultura

Artistas lamentam morte de Zuza Homem de Mello

Aos 87 anos, ele teve um infarto agudo do miocárdio enquanto dormia

[Artistas lamentam morte de Zuza Homem de Mello]
Foto : Divulgação

Por João Brandão no dia 04 de Outubro de 2020 ⋅ 16:37

Diversos artistas lamentaram hoje (4) a morte de um dos principais pesquisadores da música brasileira, o jornalista paulistano Zuza Homem de Mello, que faleceu em São Paulo na madrugada deste domingo. Aos 87 anos, ele teve um infarto agudo do miocárdio enquanto dormia.

O cantor Gilberto Gil, que participou do primeiro episódio do novo programa de Zuza com o Sesc São Paulo, lamentou a morte. "Muito Prazer Meu Primeiro Disco", que foi ao ar neste sábado (3), publicou sua mensagem no Twitter.

"Sinto muito pela passagem de Zuza Homem de Mello, pesquisador, crítico e jornalista musical, com quem estive recentemente para a gravação do programa "Muito Prazer, Meu Primeiro Disco", do qual ele foi curador. Descanse em paz."


João Bosco também lembrou o jornalista com uma foto de um abraço entre os dois. "Nos melhores momentos, a gente aproveita a pessoa e não se preocupa com a qualidade da foto. Meu grande amigo se foi. Um brasileiro imenso, profundo conhecedor e apaixonado por nossa música. O mais importante pesquisador cultural que já tivemos. Sentirei muita saudade. Descanse em paz, Zuza", escreveu.

Chico César, cantor, também lamentou. "Ah, Zuza! Meu amigo, mestre. Grato pela sua vida tão generosamente musical. Fico com seu abraço, seu afeto, sua sabedoria de bem viver em troca e consonância. Ouvidos e coração abertos, é certo. Sempre."

Mauricio Pereira, músico, contou como conheceu o trabalho de Zuza. "Eu era moleque e ouvia aquele programa que ele tinha na rádio Jovem Pan no fim da tarde que uma aula de música por dia", escreveu. "As ideias, os livros, as produções, os papos bons, os projetos culturais, o incentivo: taí um cara que deixou um legado lindo, grande, generoso, que a gente tem que ir atrás, beber dele, preservar."

Walcyr Carrasco, escritor e roteirista, disse Zuza era “um dos maiores nomes da produção, pesquisa e história musical no Brasil”. "Triste domingo!“, disse.

A cantora Ná Ozzetti, lembrou momentos.
"Zuza, obrigada por tudo! Sempre muito felizes os momentos contigo. Sempre tua alegria contagiante. Sempre um grande aprendizado. Vai fazer falta. Voa em paz , que os mestres o recebam. Por aqui, infinitos aplausos."

O cantor Djavan disse que Zuza é “um dos maiores especialista e defensores da musica brasileira”. "Nosso abraço carinhoso na familia e nos inúmeros amigos que esse doce intelectual deixa. Descanse em paz, Zuza! E muito obrigado por tudo que você fez pela cultura brasileira!", lamentou.

A cantora Alcione relembrou que trabalhou com o jornalista. "Zuza Homem de Mello foi um dos primeiros produtores com quem eu trabalhei.No início da minha carreira, ele dirigiu um show meu e de Emílio Santiago, no Anhembi, São Paulo, chamado 'O Fino da Música'! Ele prometeu que nesse show, nos apresentaria a Elis Regina e foi o que aconteceu: ela esteve no camarim para nos cumprimentar! Zuza sempre foi um homem sensível e grande amigo dos artistas. Deixará uma profunda saudade em toda a Música Brasileira. Deus o receba e conforte toda a família."

A cantora Zelia Dunca, também lamentou.
"Zuza, amigo tão amado e gentil... nem que eu quisesse, acharia uma foto sua, que não fosse iluminada pelo seu sorriso e seu horizonte tão vasto. Obrigada por tanto. Por ter me visto, quando quase ninguém me via, por ter me escutado, por ter me ensinado. Te guardo comigo, na mais leve batida do meu coração".

Notícias relacionadas