Cultura

Credores definem futuro da Livraria Saraiva nesta quinta

Rede fechou as quatro Mega Stores de Salvador no último mês

[Credores definem futuro da Livraria Saraiva nesta quinta]
Foto : Divulgação

Por Pedro Oliveira no dia 15 de Outubro de 2020 ⋅ 13:38

A Livraria Saraiva, que fechou as quatro Mega Stores de Salvador no último mês, terá o futuro definido hoje (15), em uma assembleia constituída pelos credores da empresa. No encontro, será avaliado o novo plano de recuperação judicial das corporações Saraiva e Siciliano S.A. e Saraiva Livreiros S.A. 

Pela nova proposta, a Saraiva quer reunir suas lojas (físicas ou virtual) em três unidades produtivas isoladas (UPIs), que seriam colocadas à venda. 

A primeira unidade corresponde às "Lojas". A varejista espera arrecadar pelo menos R$ 189 milhões com a venda dos contratos de locação, de trabalho e de consignação de livros referentes a 23 lojas. A segunda UPI foi apelidada de "Site" - refere-se ao e-commerce pelo qual a Saraiva pede R$ 150 milhões. A terceira UPI é a "Mista" cujo valor mínimo não foi definido e dará ao comprador a possibilidade de escolher quais lojas combinadas com o e-commerce pretende comprar. 

A proposta é se desfazer de uma das unidades, com a empresa se comprometendo a usar 75% da entrada para pagar dívidas. Os 25% restantes seriam mantidos em operação, como capital de giro. O novo plano precisa ser aprovado pela maioria simples dos credores durante a assembleia.

Notícias relacionadas