Cultura

João Santana e Jorge Alfredo retomam parceria em 'Suave Distopia'

'Mais do que nunca, o Brasil e o mundo precisam das canções e das músicas', diz publicitário

[João Santana e Jorge Alfredo retomam parceria em 'Suave Distopia']
Foto : Metropress

Por Metro1 no dia 06 de Novembro de 2020 ⋅ 13:00


Mário Kertész conversou hoje (6) com os músicos João Santana, que também é publicitário e jornalista, e Jorge Alfredo sobre o lançamento de 'Suave Distopia'. O álbum, lançado primeiro nas plataformas digitais, conta com 14 músicas feitas pelos dois. O disco conta com participação de músicos como Armandinho Macêdo. "Mais do que nunca, o Brasil e o mundo precisam das canções e das músicas. Não bastasse a pandemia, veja esse espetáculo dantesco e escalofriante a apuração das eleições americanas. A canção é um bálsamo da alma", disse João, durante entrevista no Jornal da Metrópole no Ar da Rádio Metrópole. 

Jorge Alfredo comentou como foi o primeiro encontro com o ex-marqueteiro após ele ter sido preso por condenação de caixa 2 em campanhas políticas. "Futuquei de um lado, futuquei do outro. Finalmente consegui o ok. Nesse almoço que fomos em Interlagos, fiquei muito feliz de reencontrar João e Mônica. Depois do almoço, João me chamou no tete-a-tete e me mostrou gravações de músicas novas dele com Gereba e dele com Capenga. Tivemos parcerias e fiquei encantado com aquelas músicas, mas fiquei mais encantado ainda com o fato de João estar compondo. Ele se afastou um pouco disso", comentou. 

O processo criativo não demorou, segundo a dupla. "Jorge me mandava melodia, eu mandava a letra. Isso era incrível", narra o publicitário. 

No entanto, João Santa revela como foi tomado novamente pelo vício de escrever composições. "Passei 40 anos sem compor. A música é uma mulher muito possessiva, um ser muito possessívo. Sempre tive uma relação muito fragmentada com a música, desde os 9 anos que eu comecei a tocar sax na filarmônica de São José. Depois formei o Benegó, junto com Gereba e Capenga", declarou. 
 

Notícias relacionadas

[Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos]
Cultura

Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos

Por Luciana Freire no dia 08 de Novembro de 2020 ⋅ 08:21 em Cultura

Em setembro e outubro, Vanusa esteve internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores, em Santos, por causa de um quadro grave de pneumonia