Cultura

Wilson Gomes lança livro com análise sobre crescimento da extrema-direta no mundo

Professor comenta repercussão da vitória de Trump e fenômenos mundiais com líderes extremistas

[Wilson Gomes lança livro com análise sobre crescimento da extrema-direta no mundo]
Foto : Metropress

Por Matheus Simoni no dia 20 de Novembro de 2020 ⋅ 09:42

O professor, autor e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBa), Wilson Gomes lança hoje (20) seu mais novo livro, “Crônica de uma Tragédia Anunciada: Como a Extrema Direita Chegou ao Poder”. O lançamento oficial será às 18h, pela plataforma online do YouTube e com a participação dos convidados Jean Wyllys e Francisco Bosco.

Em entrevista a Mário Kertész hoje (20), durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole, ele comentou como identificou a ascensão da extrema-direita no Brasil e no mundo.

"Vínhamos avançando bastante e, de repente, o Brasil enlouqueceu e surtou. Tem uma série de eventos que vão desde junho de 2015 até as eleições de 2018 que são surpreendentes. Ninguém esperava isso. Se analisássemos a política brasileira há dez anos, por exemplo, ninguém poderia prever que isso ia acontecer. Não foi um fenômeno isolado no Brasil, como se sabe", disse Wilson Gomes. 

"Foi mundial essa virada à extrema-direita, liderada pela vitória de Trump nos EUA, mas também se repercutiu na Europa. Na Itália, foi uma coisa parecida com um partido populista e um partido de direita governando ao mesmo tempo, além de um avanço da extrema-direita nos países baixos, um avanço de um partido extremamente à direita para os costumes alemães agora nas últimas eleições e outras tentativas. Temos o caso da Polônia e da Hungria, que fazem parte de uma onda", acrescentou.

Questionado por Mário Kertész, o professor citou a queda de Dilma Rousseff como um dos acontecimentos mais importantes para explicar a crise do sistema político. "Muita gente que trabalha em análise científica e política, pesquisadores e etc, nós erramos na previsão. Acho que a gente superestimou Dilma Rousseff. Não era possível que alguém com aquele arco de aliança que ela tinha, que provavelmente tenha sido a presidente que governou com maior maioria parlamentar da história brasileira, com a caneta na mão e todos os instrumentos de poder e recursos que se tem na mão, não soubesse fazer isso. Temer deu uma aula disso depois sobre a questão do impeachment que esteve em questão. Muito mais fraco do que ela na popularidade e na cobertura. Resistiu politicamente como se nada fosse. Política é negociação, é articulação", afirmou o comunicador. 

A transmissão será ao vivo, no endereço: https://www.amazon.com.br/dp/658655506X?ref=myi_title_dp. Confira mais detalhes sobre o evento:

Quando: 20 de novembro
Onde: Youtube – Página da Editora Sagga https://www.youtube.com/results?search_query=Editora+Sagga
Horário: Das 18 às 19h
Convidados: Jean Wyllys e Francisco Bosco
Participação gratuita

Notícias relacionadas

[Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos]
Cultura

Cantora Vanusa morre aos 73 anos em Santos

Por Luciana Freire no dia 08 de Novembro de 2020 ⋅ 08:21 em Cultura

Em setembro e outubro, Vanusa esteve internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores, em Santos, por causa de um quadro grave de pneumonia