METROPOLE

Sábado, 08 de maio de 2021

Economia

Presidente da Fecomércio cobra aprovação da reforma tributária para garantir crescimento econômico

'Eu questiono: vale a pena ser empresário no Brasil?', avaliou

Presidente da Fecomércio cobra aprovação da reforma tributária para garantir crescimento econômico

Foto: Metropress

Por: Matheus Simoni no dia 22 de janeiro de 2021 às 09:36

 

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), Carlos Andrade, comentou os rumos da economia da Bahia em meio ao fechamento da fábrica da Ford, em Camaçari. Em entrevista a Mário Kertész hoje (22), durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole, ele afirmou que o fim das atividades da montadora no país representam um grave momento para os brasileiros.

"O fechamento de uma empresa com um ou dez funcionários já causa desemprego em média de três a quatro empregos por cada pessoa empregada. Dez empregos são cada 40 pessoas que ficam com necessidade de recursos. Uma empresa como a Ford, que tem 4 mil empregados e exerce uma influência econômica de Camaçari, no estado como um todo, é de se lamentar. Só quem está empregado e as famílias daquelas pessoas sabem a preocupação que estão vivendo", disse Carlos Andrade. 

"Nós da Fecomercio, Sesc e Senac estamos pedindo às autoridades, principalmente ao governador, que não está parado. Ele já foi a Brasília e está se movimentando com a Federação das Indústria para que traga algum outro fabricante de veículos. Já ouvi dizer que tem proposta de outras empresas. Vamos pedir a Deus que tenhamos um ambiente favorável a outras empresas virem", acrescentou. 

Ainda de acordo com o dirigente da Federação, a carga tributária do país ainda é um entrave para que o comércio consiga números melhores. Ele cobrou a aprovação da reforma tributária, que está em tramitação no Congresso. "O que eu critico muito é a carga tributária e as condições que o país está vivendo hoje. Eu questiono: vale a pena ser empresário no Brasil? Nós precisamos dessa reforma tributária, precisa sair urgentemente", declarou. 

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Presidente da Fecomércio cobra aprovação da reforma tributária para garantir crescimento econômico - Metro 1