METROPOLE

Terça-feira, 11 de maio de 2021

Economia

Pandemia deixa mais da metade das mulheres fora do mercado de trabalho

No terceiro trimestre de 2020, 8,5 milhões de mulheres deixaram a força de trabalho no Brasil

Pandemia deixa mais da metade das mulheres fora do mercado de trabalho

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 02 de fevereiro de 2021 às 10:00

Os efeitos da pandemia de Covid-19 sobre o emprego, em especial no setor informal, atrasam a volta de mulheres ao mercado de trabalho.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 8,5 milhões de mulheres tinham deixado a força de trabalho no terceiro trimestre de 2020 (último dado disponível), na comparação com o mesmo período do ano anterior. Assim, mais da metade da população feminina com 14 anos ou mais ficou de fora do mercado de trabalho. A taxa de participação na força de trabalho ficou em 45,8%, uma queda de 14% em relação a 2019.

Em comparação com o primeiro trimestre, o número de trabalhadores fora da força de trabalho teve um crescimento de 11,2 milhões de pessoas, das quais sete milhões eram mulheres.

TV METRO

Entrevistas

Paulo Coutinho

Em 11 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Pandemia deixa mais da metade das mulheres fora do mercado de trabalho - Metro 1