Domingo, 28 de novembro de 2021

Economia

Limite mínimo para PIX é alterado pelo Banco Central

Agora limite deve ser o mesmo que o permitido para TED

Limite mínimo para PIX é alterado pelo Banco Central

Foto: Divulgação/Banco Central

Por: Gabriel Amorim no dia 02 de março de 2021 às 15:46

Desde ontem (1º), depois de uma alteração realizada pelo Banco Central, o menor limite que um banco pode estabelecer para as transações via PIX passou a ser o mesmo da TED, ou daquele disponibilizado para o cartão de débito, dependendo da operação.

O Banco Central autoriza que os bancos, caso queiram, estabeleçam limites máximos para esse tipo de transação. Para evitar que esses limites sejam muito baixos, no entanto, o BC determina um piso que precisa ser respeitado pelas instituições financeiras. Foi este valor que foi alterado.

Agora os bancos não podem limitar o PIX a menos que o permitido para as TEDs - ou seja, uma instituição que permite transferencias de até R$ 2 mil via TED, deve permitir que o envio de  pelo menos o mesmo valor usando o PIX. Até fevereiro, esse valor era de 50% do liberado via TED.

Limite mínimo para PIX é alterado pelo Banco Central - Metro 1