Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Economia

Taxa de desocupação na Bahia bate recorde de 19,8% em 2020

Índice do estado é o maior do Brasil, segundo o IBGE

[Taxa de desocupação na Bahia bate recorde de 19,8% em 2020]
Foto : Tony Winston/ Agência Brasília

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Março de 2021 ⋅ 11:40

No ano de 2020, a taxa média de desocupação no estado ficou em 19,8%, média superior à de 2019 (17,2%), segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. É a maior taxa do Brasil e um novo recorde negativo para a Bahia na série histórica da PNAD Contínua, iniciada em 2012.

No 4º trimestre de 2020, a taxa de desocupação na Bahia ficou em 20,0%, um pouco menor que a verificada no 3º trimestre (20,7%), porém bem acima da registrada no 4º trimestre de 2019 (16,4%). O índice manteve-se como o maior do país pelo sexto trimestre consecutivo, liderando desde o 2º trimestre de 2019, e está bem acima da média nacional (13,9%).

A última vez que a Bahia havia fechado um ano com a maior taxa de desocupação do país havia sido em 2016 (15,9%). Ainda assim, o indicador estava num patamar bem mais baixo que o atual.

A taxa de desocupação mede a proporção de pessoas de 14 anos ou mais de idade que estão desocupadas (não trabalharam e procuraram trabalho) em relação ao total de pessoas que estão na força de trabalho, seja trabalhando (pessoas ocupadas) ou procurando (desocupadas).

Notícias relacionadas