Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Economia

Conselho Administrativo dá sinal verde para venda da Rlam por R$ 8,35 bilhões

Refinaria Landulpho Alves será vendida ao grupo Mubadala Capital, de Abu Dhabi

Conselho Administrativo dá sinal verde para venda da Rlam por R$ 8,35 bilhões

Foto: Divulgação/Petrobras

Por: Geovana Oliveira no dia 09 de junho de 2021 às 15:59

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a venda da refinaria Landulpho Alves (Rlam), na região metropolitana de Salvador, na Bahia, pela Petrobras. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (9).

A venda, no valor de US$ 1,65 bilhão (o equivalente atual a R$ 8,35 bilhões), será feita ao grupo Mubadala Capital, de Abu Dhabi. A Petrobras ainda pretende privatizar outras 7 refinarias. A Rlam era a que tinha o processo mais adiantado.

A Landulpho Alves, situada em São Francisco do Conde, tem capacidade de processamento de 333 mil barris/dia, o que corresponde a 14% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil. Os ativos da Rlam incluem quatro terminais de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 669 km.

As privatizações de todas as refinarias juntas somam cerca de metade da capacidade de produção de combustíveis do Brasil.

Conselho Administrativo dá sinal verde para venda da Rlam por R$ 8,35 bilhões - Metro 1