Economia

Dívida pública registra alta de 1,87% e vai para R$ 3,4 trilhões

A Dívida Pública Federal apresentou aumento de de 1,87% neste mês de agosto. Com isso, a dívida, tanto interna e externa do Brasil, passou de R$ 3,341 trilhões, em julho, para R$ 3,404 trilhões em agosto, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (25) pela Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda.[Leia mais...]

[Dívida pública registra alta de 1,87% e vai para R$ 3,4 trilhões]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 25 de Setembro de 2017 ⋅ 15:10

A Dívida Pública Federal apresentou aumento de de 1,87% neste mês de agosto. Com isso, a dívida, tanto interna e externa do Brasil, passou de R$ 3,341 trilhões, em julho, para R$ 3,404 trilhões em agosto, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (25) pela Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi), que faz parte da dívida pública que pode ter o pagamento efetuado em reais, ampliou em 1,91%, ao passar de R$ 3,224 trilhões para R$ 3,286 trilhões. De acordo com o Tesouro, o aumento aconteceu por conta da emissão líquida -- o que equivale a ter mais emissões de títulos públicos do que vencimentos -- no valor de R$ 33,08 bilhões, além de pagamentos de juros de R$ 28,38 bilhões.

O estoque da Dívida Pública Federal Externa, provinda do mercado internacional, aumentou de 1%, e encerrou o mês anterior em R$ 117,57 bilhões (US$ 37,36 bilhões). Conforme o relatório do Tesouro, a mudança aconteceu principalmente por conta da desvalorização do real em relação às principais moedas que compõem o estoque da dívida externa.

Notícias relacionadas

[PIS/Pasep é liberado para os nascidos em agosto]
Economia

PIS/Pasep é liberado para os nascidos em agosto

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Agosto de 2019 ⋅ 12:40 em Economia

No caso do PIS, valor total disponibilizado para os nascidos em agosto é de R$ 1,4 bilhão, para 1,6 milhão de beneficiários