Economia

TCU suspende oferta de blocos mais valiosos de leilão de petróleo

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu hoje suspender dois blocos do leilão da 15ª Rodada de Licitações de Blocos de Petróleo e Gás, macada para amanhã. Os blocos tem a maior expectativa de bônus de assinatura indiviuais, ou seja, tem maiores chances de ter alta arrecadação. [Leia mais...]

[TCU suspende oferta de blocos mais valiosos de leilão de petróleo]
Foto : Geraldo Falcão/Agência Petrobras

Por Marina Hortélio no dia 28 de Março de 2018 ⋅ 17:01

O Tribunal de Contas da União decidiu hoje (28) suspender dois blocos do leilão da 15ª Rodada de Licitações de Blocos de Petróleo e Gás, macada para amanhã (29). As unidades têm a maior expectativa de bônus de assinatura indiviuais, ou seja, maiores chances de ter alta arrecadação. A suspensão deve durar até que o TCU possa analisar o mérito do processo de licitação.

Os dois conjuntos, que fazem parte da Bacia de Santos, estão localizados em região de águas profundas e próximos ao polígono do pré-sal. Segundo o Estadão, o bônus mínimo dos dois blocos atinge R$ 3,55 bilhões, quando somado. Um dos motivos para a suspensão é a possibilidade, constatada pela Corte, de haver um prejuízo de R$ 2,37 bilhões à União.

Ainda segundo o jornal, o TCU também se posicionou quanto a oferta do Bloco de Saturno, no 4º leilão de partilha de produção do pré-sal, marcado para 7 de junho. O tribunal decidiu não acatar a recomendação da unidade técnica de suspensão do conjunto.

Notícias relacionadas