Economia

Governo quer extinguir direito de preferência da Petrobras nos leilões do pré-sal

Governo deve apoiar o projeto do senador José Serra (PSDB-SP) que altera lei sobre exploração das áreas de reserva de petróleo

[Governo quer extinguir direito de preferência da Petrobras nos leilões do pré-sal]
Foto : Tania Regô/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 21 de Janeiro de 2020 ⋅ 11:00

O secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Júnior, confirmou que a pasta quer acabar com o direito de preferência da Petrobras nos próximos leilões do pré-sal, de acordo com reportagem do jornal Valor Econômico. 

A mudança pode começar a valer na licitação para os dois blocos remanescentes do megaleilão que foi realizado em novembro do ano passado. Para esses blocos, o governo deve aceitar receber menos para atrair mais interessados.

A expectativa é fazer essa licitação em dezembro, no entanto, como o calendário é considerado apertado, pode ficar para 2021. 

Para flexibilizar o modelo de exploração do pré-sal e por fim ao direito de preferência, o governo deve apoiar o projeto do senador José Serra (PSDB-SP), que muda a lei do pré-sal e encerra a prioridade da Petrobras na seleção dos blocos.

Notícias relacionadas