Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Economia

Pandemia tira 1,4 milhão de brasileiros do mercado de trabalho por motivos de saúde

Estudo mostra que aumento no número de desempregados impedidos de buscar trabalho foi de 45% em março e abril

[Pandemia tira 1,4 milhão de brasileiros do mercado de trabalho por motivos de saúde]
Foto : Márcia Foletto/Agência Brasil

Por Lara Curcino no dia 22 de Junho de 2020 ⋅ 08:40

Em meio à pandemia de coronavírus, cerca de 1,4 milhão de brasileiros saíram do mercado de trabalho. Isso é o que aponta um levantamento do pesquisador da Fundação Getúlio Vargas Marcel Balassiano, baseado em dados da Pnad Contínua. 

De acordo com o estudo, o número de desempregados que ficaram impedidos de buscar trabalho por problemas pessoais, principalmente por motivos de saúde, passou de 3,3 milhões no acumulado de dezembro a fevereiro para 4,7 milhões até abril, um aumento de 45%. 

Já o número de desalentados, ou seja, aqueles que deixaram de procurar trabalho por acharem que não encontrariam oportunidade, teve uma alta bem mais discreta no mesmo período, de 7%.

Notícias relacionadas