Economia

Covid-19: pandemia deixa quase 10 milhões de brasileiros sem remuneração em maio

Segundo os dados da Pnad Covid-19, total de pessoas corresponde a 11,7% de toda a população empregada no Brasil, que totalizava 84,4 milhões no mês passado

[Covid-19: pandemia deixa quase 10 milhões de brasileiros sem remuneração em maio]
Foto : Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 24 de Junho de 2020 ⋅ 18:40

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (24) que em maio deste ano, 9,7 milhões de trabalhadores estavam sem remuneração. Segundo os dados da Pnad Covid-19, este total de pessoas corresponde a 11,7% de toda a população empregada no Brasil, que totalizava 84,4 milhões no mês passado. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

A pesquisa mostrou que 19 milhões de pessoas, 22,5%, estavam afastadas de seu trabalho, sendo que 15,7 milhões, 18,6%, estavam afastadas devido ao distanciamento social. O grupo etário com maior proporção de pessoas afastadas do trabalho foi o de 60 anos ou mais, 27,3%.

Trabalhadores domésticos sem carteira foram os mais afetados, registrando o maior percentual de pessoas afastadas devido à pandemia: 33,6%, seguidos pelos empregados do setor público sem carteira: 29,8% e pelos empregados do setor privado sem carteira: 22,9%. 

Notícias relacionadas